Entrevista a Gonçalo Teixeira

Gonçalo Teixeira foi o grande vencedor da noite na categoria de Melhor Modelo Masculino da XVIII edição dos Globos de Ouro. O modelo internacional que é actualmente cara da Guess e da Calzedonia arrecadou pelo segundo ano consecutivo o Globo de Ouro. Esta distinção veio reconhecer o trabalho do Gonçalo Teixeira ao longo do ano de 2012, onde teve oportunidade de ser fotografado por Yu Stay para a Guess, fotografou Brian Atwood com Candice Swanepoel pela lente de Mert & Marcus e foi imagem da Apiccaps, tendo sido fotografo por Frederico Martins.

RWM – Como começou a tua carreira no mundo da moda?

GT – A minha carreira começou com o concurso Elite Model Look há sete anos atrás. Estive um ano com a agência e depois passei para a Central Models onde estou muito feliz.

RWM – Estas numa fase muito internacional

GT – Sempre estive, só não tinha tanta visibilidade, eu já viajo há seis anos. Tenho tido uns trabalhos mais discretos pela Europa, mas sempre trabalhei fora de Portugal

RWM – Onde vives?

GT – Entre a costa da Caparica e Nova Iorque.

RWM – Qual foi o trabalho mas importante que fizeste ate hoje?

GT – A campanha que fiz para o Brian Atwood, de sapatos e acessórios para mulher. Fotografei com um dos melhores fotógrafos do mundo e com a Candice. Tive uma grande equipa!

RWM – Projetos próximos que tenhas?

GT -A minha vida vai passar toda por Nova Iorque, daqui para a frente vai ser viver entre Nova Iorque e Portugal.

RWM – Fotografia ou passerelle?

GT – Eu gosto mais de fotografia porque a campanha é um manequim que a faz, não são trinta como num desfile. Um desfile é muito giro, mas é momentâneo, são três minutos, é bom mas depois acabou. Uma fotografia fica para a vida.

RWM – A campanha que fizeste para a Guess teve imenso impacto e tornou te muito conhecido do grande publico…

GT –  Sim, e a Guess também já me convidou para a fazer a principal linha da marca!

RWM – Um sonho, algo que nunca tenhas feito e que gostasses muito de fazer?

GT – O meu sonho é fazer um perfume, Aqua di Gio para a Armani. Estive em opção para fazer o anuncio no ano passado mas acabei por não ficar.

RWM – O que é q te vês a fazer um dia mais tarde quando deixares de ser manequim?

GT – Já pensei em mil coisas, tenho imensas ideias e projetos em áreas muito diferentes. Passo a passo vamos ver o que acontece,

RWM – Tens muitos interesses?

GT – Bastantes, uma pessoa não pode estar focada só numa coisa na vida, devemos sempre alargar os nossos horizontes.

RWM – O que é que gostas de fazer?

GT – Gosto muito de desporto, de viajar…pode parecer um bocado cliché mas é verdade, gosto de estar com os meus amigos, com a minha família, o meu trabalho trás o resto.

RWM – Coisas boas a moda te tenha proporcionado?

GT – Eu vi coisas que nunca na vida iria ver se não tivesse este trabalho, ou se não estivesse ligado a este meio. Tudo o que tenho de bom na vida ou tenho tido nos últimos anos tem sido à volta da moda.

RWM – Quais as características da tua personalidade mais importantes para teres chegado onde chegaste?

GT – Nunca desisto.Sou incapaz de desistir de uma coisa que quero.

RWM – Qual é a tua opinião sobre a moda portuguesa em geral? Acompanhas, gostas?

GT – Eu acompanho dentro do possível. Há falhas graves na moda em Portugal, isto é verdade, mas temos imenso potencial e é isso que me faz confusão. Temos uma enorme carteira de bons manequins que fazem todos os desfiles e campanhas por todo o lado, temos grandes fotografos, grandes produtores de moda, temos tudo só que temos grandes falhas a nível interno que não nos deixam avançar.

RWM – No fundo é uma cultura de moda que falta no país?

GT – Um bocadinho, também, mesmo às pessoas da moda falta cultura de moda e o q me faz confusão é como certas pessoas que estão no meio não percebem nada sobre o próprio trabalho que estão a fazer, isto não é só na moda, tambem acontece noutras áreas, há muita gente que é assim..

RWM – Em relação a toda a projeção que esta a ter o calçado português?

GT – Eu quando compro, não compro por ser português ou estrangeiro. Compro o que gosto, mas sei que nós temos qualidade, inclusive estou agora em negociações com um grande estilistas para ver se o trago para Portugal para começar a fazer os sapatos cá.

 

 

Foto capa: https://www.elitemodel.fr

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *